Páginas

7 de maio de 2013

Capa de The Son of Sobek revelada



                                             




O USA Today revelou hoje a capa do e-book The Son of Sobek e postou também uma entrevista sobre a história com Rick Riordan.


Revelação de capa: Os heróis de Rick Riordan se encontram em ‘The Son of Sobek’
Não é um mito. A história de Rick Riordan com mistura de livros que os jovens fãs de mitologia estavam pedindo está a caminho. E aqui está uma espiadinha exclusiva na capa do e-book onde tudo acontecerá.
Os heróis de duas das séries campeãs de vendas de Rick Riordan, Percy Jackson (de Percy Jackson e os Olimpianos) e Carter Kane (de As Crônicas dos Kane), ficam cara a cara na curta história “The Son of Sobek” (O Filho de Sobek), sendo lançada hoje da edição de capa de papel do livro 3 de As Crônicas dos Kane: A Sombra da Serpente, e como um livro avulso no dia 19 de Junho.
Em “The Son of Sobek,” Carter está investigando rumores de um monstro avistado em Long Island quando esbarra em Percy. E a primeira interação dos dois não é necessariamente legal, diz Riordan, mesmo sendo os heróis mais parecidos do que eles imaginam.
Na versão e-book, o próprio Riordan narra a versão em áudio, disponível em determinadas plataformas. Leitores também terão a oportunidade de ter acesso a uma prévia do quarto livro da série Os Heróis do Olimpo, The House of Hades (previsto para 8 de Outubro).
Confira o que Rick Riordan tem para dizer sobre a história (‘espere por grandes cenas de ação com crocodilo’), suas inspirações para as duas séries populares e seu envolvimento – ou falta disso – nas adaptações para o cinema de seus livros.
P. O que inspirou “The Son of Sobek”?
R: ”Son of Sobek” é a primeira vez em que misturo duas das minhas series, Crônicas dos Kane e Percy Jackson, então é mitologia grega encontra mitologia egípcia. É algo que os fãs tem me pedido para fazer já faz um bom tempo, e essa pareceu uma boa oportunidade de fazê-lo. Foi com certeza movido pelos leitores. Os fãs queriam uma mistura e eu pensei “Vamos ver o que acontece!”
P: O que significa o título da história?
R: Sobek é o deus crocodile do Egito, e o filho de Sobek seria um de seus seguidores. Então, sem revelar muito, você pode esperar uma grande cena de ação com crocodilo nesse livro. A capa mostra Carter e Percy em seu primeiro encontro e eu acho que fala por si mesma quando você a vê. Os dois não começam com o pé direito.
P: Seus heróis são tão diferentes. Como você enxerga eles interagindo?
R: Carter e Percy são tão diferentes quanto dois heróis podem ser. Percy é meio impetuoso e sarcástico e Carter é muito pensativo e reservado, então quando eles se encontram pela primeira vez é como petróleo e água. Eles não parecem ser um bom time a princípio, mas eles tem mais em comum do que você pensa. Na verdade, eles vão aprendendo a confiar um do outro e a trabalhar em equipe. Foi fascinante para mim juntar os dois, de dois mundos diferentes e ver o que acontecia.
P: Como você acha que os leitores responderão à dinâmica?
R: Bem, eu espero que eles se divirtam tanto lendo quanto eu tive ao escrever a história! Eles se deram tão bem juntos e a história ganhou uma vida própria. Meu único arrependimento é que a história é curta e não maior. Espero poder explorar essa dinâmica em uma forma mais longa algum dia.
P: Você vê uma série Percy-Carter no futuro?
R: Eu adoraria isso, mas não sei. Eu tenho muitas mais ideias do que eu poderia escrever durante meu período entre os vivos. É só uma questão de quais livros eu optarei por escrever, então eu tenho esperanças. Só que não tenho certeza ainda.
P: Você pode falar sobre sua ampla inspiração para as duas séries?
R:
 A mais profunda eu encontro na mitologia, é onde eu mais encontro. Originalmente, eu fiz cinco livros de Percy Jackson. Eu pensava que ia cobrir toda a mitologia Grega e não poderia estar mais errado. Ela está sempre em expansão. Quanto mais eu a adentrava, mais eu descobria. E aqui estou eu, depois de ter escrito três livros sobre o Egito, agora nove na mitologia Grega, e eu ainda estou achando mais deuses e monstros sobre os quais eu não sabia a partir das fontes antigas. É como uma fonte inesgotável de coisas legais. Acho que essas histórias têm estado conosco por muito tempo porque exploram temas universais. Elas exploram amizade, lealdade, bravura, patriotismo, o que essas coisas significam? E todos os heróis são muito humanos. Alguns desses personagens tem 3000 anos de idade, mas ainda podemos entender porque eles fazem o que fazem, mesmo quando não estamos de acordo com suas razões.
P: Qual o seu envolvimento nos filmes de Percy Jackson?
R:
 Eu não estou envolvido em na disso, então realmente não posso falar sobre. Eu não os assisti, eu fico longe deles. É a sua própria coisa deixando de ser sua, então realmente não posso comentar.
P: Pode falar um pouco sobre seu próximo projeto, que explora a mitologia Nórdica?
R:
 Eu estou me preparando para lançar-me nele assim que terminar a série Heróis do Olimpo. É algo que eu sempre quis fazer durante o longo tempo em que estivo lendo mitos. Eu amo a mitologia Nórdica – Thor e Odin e Loki – personagens incríveis. É uma daquelas coisas nas quais não tive chance de entrar e escrever as ideias que tenho, mas finalmente estou tendo a chance, então é o próximo no meu prato.
P: Deve ser tão incrível ter muitas ideias e não ter tempo suficiente para escrevê-las.
R:
 É um problema maravilhoso de se ter, e ter os jovens leitores lá fora esperando para lê-las, isto é sempre o melhor.
P: Qual a perspectiva que você traz como ex-professor?
R:
 Eu estou para a escrita da mesma forma que estou para o ensino, que é meu objetivo, sempre formar leitores de vida longa. Tento criar livros que são divertidos, uma espécie de educação subversiva para as crianças, mas que não as façam sentir como se tivessem sendo ministradas, e quero que as crianças sempre terminem um dos meus livros e pensem: “Isso foi grandioso, onde está o próximo?”. Acho que é a coisa mais importante quando estamos conectando crianças aos livros, é tentar combinar o livro com elas e garantir que seja uma experiência divertida e gratificante fora da sala de aula.
P: Como as crianças vão além de suas séries e livros para se tornarem jovens leitores seguindo rumo à idade adulta, quais são os livros e autores que você acha que seriam uma boa progressão?
R:
 Uau, ótima pergunta. Não acho que alguém tenha me perguntando isso antes. Sabe, acho que depende do que elas gostam, é muito individual de criança para criança. Existem alguns grandes escritores lá fora que fazem crossovers. Harlan Coben me vem à mente. Ele está escrevendo uma série para jovens adultos, mas também faz livros para adultos, um caso em que o autor pode crescer com a criança. E como você sabe, o mercado jovem-adulto é tão grande que já está saturado, por isso um monte de vezes, pessoas de mais de vinte, trinta, quarenta anos estão lendo os mesmos livros que os adolescentes. Acho que a linha, se é que existe uma linha, está se tornando cada vez mais indiscernível e acho que isso é totalmente bom. Todos estamos lendo os mesmos livros e falando sobre os mesmos livros e dando continuidade a este diálogo.
P: Eu sei que você está envolvido com a série interativa The 39 Clues. Como você vê o futuro dos livros e da leitura na era digital?
R: 
Não sei. Acho que ninguém pode prever. Quem sabe onde estava cinco anos atrás? Não acho que a leitura esteja indo a algum lugar. Nós estaremos lendo, mas poderá ser em um tablet ou em um celular ou em um relógio ao invés da página impressa. Mas eu não acho que as histórias estão indo para algum lugar. Vamos mudar a entrega, mas os leitores sempre estarão lá.
P: Qual o entretenimento que você está amando agora?
R: 
Eu leio muito. Leio quase tudo: não ficção, ficção adulta, livros infantis e infanto-juvenis. Realmente gosto de ler uma gama ampla. Também estamos na idade de outro da TV e eu adoro assistir TV. Existem alguns shows fantásticos lá fora. Sou um fã de Breaking Bad – que definitivamente não é um espetáculo para crianças – e Game Of Thrones, uma das melhores adaptações livro-tela que tem sido feita. Como sempre, os livros são melhores que os filmes, mas a série de TV faz isso muito bem. Sou um grande consumidor de mídia. O último livro que li foi uma grande fantasia chamada Akata Witch, de Nnedi Okorafor, que é basicamente sobre mitologia nigeriana. Foi ótimo.
P: O que podemos esperar de você?
R:
 The House of Hades é o meu próximo livro, e será lançado no outono. Mostraremos a capa pela primeira vez no final de Maio, e acho que os leitores serão capazes de descobrir mais sobre o que está acontecendo com Percy e Annabeth, que é grande questão sobre a qual eles têm desejado saber.
Ainda não há previsão para o lançamento da história em português.a

Nenhum comentário:

Postar um comentário